SEJA BEM VINDO, NESTE BLOG VOCÊ ENCONTRARÁ MILHARES DE ARTIGOS RELACIONADOS A MÚSICA.


"PARA SE TORNAR UM BOM MÚSICO É NECESSÁRIO UM POUCO DE TALENTO E INSPIRAÇÃO, MUITO ESTUDO E PERSEVERANÇA, HUMILDADE PARA RECONHECER AS SUAS DEFICIÊNCIAS E MUITO ESFORÇO PARA VENCE-LAS".


______________________"BOHUMIL MED"____________________


=== PARTITURAS PARA TODOS OS INTRUMENTOS =====

===   PARTITURAS PARA TODOS OS INTRUMENTOS  =====
PARTITURAS PARA TODOS OS INTRUMENTOS

ARTIGOS SOBRE MÚSICA

ARTIGOS SOBRE MÚSICA

***** PARTITURAS PARA TODOS OS INTRUMENTOS ************

ESTA SEM TEMPO PARA BAIXAR? ADQUIRA JÁ O SEU.

- Mais de 30 métodos para Flauta tudo em PDF.

- Milhares de partituras eruditas em pdf.

- Playbacks para tocar acompanhado.

- Partituras de musicas populares em formato Encore.

R$29,90 COM FRETE INCLUSO

== CLIQUE AQUI PARA COMPRAR PELO MERCADO LIVRE.

COMPRE TAMBÉM COM SEU CARTÃO DE CRÉDITO PELO PAGSEGURO.

==== COMPRE SUA COLEÇÃO AGORA - MERCADO LIVRE ====

==== COMPRE SUA COLEÇÃO AGORA - MERCADO LIVRE  ====
MERCADO PAGO

* * Aprenda a fazer download no 4shared.

=============MUSICALIZAÇÃO INFANTIL====================

==>postagens<==

Postagens populares

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

VIBRATO NA FLAUTA TRANSVERSAL



“Muita polêmica envolve a forma como o vibrato é produzido. Primeiramente, a definição de vibrato para cantores e instrumentistas de sopros é: variação da coluna de ar através da garganta (nos instrumentos de cordas, é uma variação na freqüência do som). É uma sucessão de uso alternado de uma maior quantidade de ar com uma menor quantidade de ar, como se fossem pulsos de ar.

É claro que, se a garganta estiver fechada, teremos o popular "vibrito", o vibrato de cabrito, tão tocado nas rádios. Devemos pensar em abrir a garganta enquanto fazemos uma leve ação para pulsar o ar.

Para efeito de aprendizado, podemos pensar em tocar uma nota longa na flauta e tossir suavemente enquanto sopramos com a vogal "Ô", sem interromper o fluxo de ar, sempre sustentando o sopro e o som. Suavizamos cada vez mais a tosse até que não haja interrupção na coluna de ar pelo fechamento temporário da garganta provocado pela tosse. É uma versão suave de tosse, sem fechar a garganta.

A variação na afinação é uma conseqüência do vibrato, não o objetivo maior, que é variar a quantidade de ar, alternando mais ar e menos ar no sopro. A sensação do vibrato de diafragma é causada pelo ar que pode voltar para baixo enquanto vibramos com a garganta. Como sabemos, o diafragma é um músculo liso, portanto, involuntário.” (Renato Kimachi, Revista Weril n.º 140)

O vibrato precisa ser sempre estudado porque fazê-lo incorreto causa problemas de afinação, qualidades do som, faz parecer um cabrito cantando, ou seja, um flautista tocando com vibrato mal feito é horrível. Segue abaixo dois exercícios.

Exercício para Vibrato

1. Exercício com papel

Utilizando um pequeno papel de tamanho aproximado de 8 x 8 cm, segure com os dedos em sua parte inferior e assopre na parte superior do papel como se estivesse fazendo o vibrato na flauta. Observer a oscilação do papel que se curvará para frente com o fluxo de ar sobre ele e voltará a sua posição original quando interrompido ou diminuído este fluxo. Faça este exercício de modo que a oscilação do papel para frente e para sua posição original aconteça uniforme e regular. Comece com ritmo lento e aumente sua velocidade aos poucos.

2. Exercício Marcos Kiehl
O primeiro pentagrama representa a nota a ser executada e o segundo a oscilação do vibrato por nota.


1 comentários:

veja a beleza do interior!! disse...

muito bom eu tinha varios tabus sobre o vibrato agora eu entendi mais um pouco.